A Cirurgia Plástica e a Preocupação Estética

Blog + Cirurgia Estética

A Cirurgia Plástica e a Preocupação Estética

Como cirurgião plástico há quase 30 anos, António Conde já fez mais de 27 mil intervenções. Contribuir para a felicidade do seu paciente é a sua permissa.

Fonte: https://liderancanofeminino.org/a-cirurgia-plastica-e-a-preocupacao-estetica/

A cirurgia plástica significa a reconstrução de uma determinada parte do corpo. Aquilo que o cliente deseja muitas vezes não é possível concretizar naquele corpo.

Sim, muitas vezes o que nos é solicitado não é exequível para aquele doente, por razões de ordem técnica ou então porque a expectativa do doente está muito acima do que é possível obtermos naquele caso em concreto.

Actualmente este problema já não será tão premente, uma vez que as pessoas estão já, na minha opinião, suficientemente alertadas para essa questão através de conversas com outros doentes, nos meios de comunicação, nas redes sociais, nos consultórios médicos, etc…

Quando eu comecei na Cirurgia Plástica ( 1991) esse equívoco era bem mais comum. Muitos doentes pensavam mesmo que as nossas intervenções não deixavam sequelas cicatriciais! Hoje os doentes estão bem mais informados do que é a Cirurgia Plástica.

Todavia devemos continuar a exercer uma acção ” pedagógica” nos nossos doentes relativamente aos limites técnicos e de resultados das nossas intervenções cirúrgicas ou tratamentos médicos. A devida informação do doente é , em todas as especialidades mas muito particularmente na Cirurgia Plástica, de máxima importância para que o doente aceite e aprecie o resultado de uma intervenção ou tratamento médico.

Que tipo de tratamentos estão disponíveis na clínica?

Na Unidade de Cirurgia Plástica do Hospital dos Lusíadas Porto, que eu dirijo. providenciamos todo o tipo de tratamentos médico-cirúrgicos que são do âmbito da Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética. A saber na área da:

Cirurgia Estética: Cirurgia de rejuvenescimento facial e cervical ( ” face lifting”), blefaroplastia ( cirurgia das pálpebras), rinoplastia ( cirurgia nasal) otoplastia ( cirurgia do pavilhão auricular), cirurgia da calvície, redução mamária, aumento mamário, braquiplastia ( cirurgia dos braços) , abdominoplastia , lipoaspiração, cirurgia do contorno corporal pós cirurgia bariartrica , plastia de cicatrizes, etc…

Cirurgia Reconstrutiva: esta é a base de toda a Cirurgia Plástica. O Cirurgião Plástico que só sabe Cirurgia Estética nem essa fará bem! De facto na nossa Unidade estamos preparados para encarar todo o tipo de reconstruções das mais simples às mais complexas porque temos uma base muito sólida de cirurgia reconstrutiva, Muito particularmente na cirurgia de reconstrução mamária que talvez seja a área na nossa especialidade em que os conceitos e as práticas de cirurgia reconstrutiva e estética mais se fundem.

Tratamentos Médicos: rejuvenescimento facial com fillers ( ácido hialurónico), toxina botulínica, lifting por fios, Laser de Erbium, Radiofrequência, Endermologia.

Quais os mais procurados?

Somos muito solicitados ao nível da Cirurgia Estética, muito particularmente toda a cirurgia da face, redução e aumento mamário, lipoaspiração e abdominoplastia. Fazemos muito o aumento mamário, pois esta é das cirurgias mais populares em todo o mundo. Alerto que existem muitas formas de realizar esta operação nomeadamente no que concerne o tipo de materiais usados ( próteses), o regime de internamento, o local onde se realiza a intervenção e mesmo a equipa cirurgica que a executa.

Na minha opinião o doente primeiramente deverá procurar um cirurgião especialista em Cirurgia Plástica que tenha conhecimento e experiência nas principais vias de abordagem ( em alguns locais esta cirurgia não é feita por especialistas devidamente credenciados), depois optar por um Hospital com apoio de todas as especialidades médicas e cirúrgicas, apoio de enfermagem 24h por dia, unidade de cuidados intensivos, etc… ( em alguns locais o doente é operado e tem alta de imediato, sem que nesses locais existam os referidos meios). Por fim procurar um local onde se utilizem as melhores próteses disponíveis no mercado ( com baixo índice de contraturas capsulares, com seguros associados, com garantias , etc…). Outra área onde desenvolvemos uma actividade importante é na reconstrução mamária. A Unidade de Cirurgia Plástica colabora com os colegas de Cirurgia Geral ( Dr António Moura e Dr André Magalhães), sempre que indicado, na reconstrução mamária imediata, utilizando próteses ou retalhos e enxertos de gordura conforme as indicações.

Os clientes entendem a diferença entre a cirurgia estética e a reconstrutiva?

Essa questão, como disse, assume extrema importância por exemplo na reconstrução mamária. Por vezes o que nos é dado a tratar são deformidades graves que resultam de amputações mamárias totais ou até mesmo parciais por neoplasia. Muitas dessas doentes foram submetidas previamente a tratamentos intensos por radioterapia, que afectam de forma importante a vascularização e a tonicidade da pele. Ora nestes casos a reconstrução mamária, por mais experiência, conhecimento ou talento que o médico possa ter, nunca conseguirá obter um resultado fantástico. É então fundamental , nestes casos, explicar muito bem à doente essa limitação e a real expectativa do tratamento. A cirurgia não pode ser considerada estética mas sim reconstrutiva. Claro que o Cirurgião Plástico em todos os seus gestos tem sempre “por defeito” uma preocupação estética. Todavia nestes casos e em muitos outros , convém definir muito bem a fronteira do reconstrutivo e do estético.

Melhorar a auto-estima de alguém é certamente muito gratificante. Que balanço faz do seu percurso profissional?

É de facto extremamente gratificante. Mas , e desmistificando um pouco, a nossa especialidade é nessa questão, igual a qualquer outra da Medicina. Quando se obtém a cura de um doente, quando se salva uma vida, ou quando se consegue que o doente reaprenda a gostar de si mesmo. Ao fim de 27 anos de Cirurgia Plástica e de cerca de 27000 intervenções, experimento hoje a mesma satisfação ao ver que o meu gesto contribuiu para a felicidade de alguém.

Qual o conselho para quem está a pensar numa cirurgia estética?

1º Escolher um Cirurgião Plástico devidamente credenciado

2º A seguir escolhê-lo por referenciação de outros doentes ou médicos e nunca por inserções publicitárias em programas de televisão, redes sociais ou até mesmo em revistas de cabeleireiro…

3º Estabelecer uma relação médico-doente de verdadeira empatia. Se tal não acontecer é muito provável que ulteriormente haja desencontros ou equívocos ( é quase como num casamento…)

4º Que opere num local em que disponha de todas as condições que referi anteriormente.

5º Interpelá-lo sobre a sua experiência na cirurgia em questão e ser pro-activo no momento da consulta expondo todas as suas dúvidas.

6º Lembrar-se sempre que vai ser tratada(o) por um homem e não por um Deus. ( embora o Cirurgião Plástico , nessa situação, seja o que tem de mais parecido com Ele…)



Entre em contacto

Comece a sua Transformação

Pronta para explorar como a mamoplastia de aumento pode melhorar a sua beleza e confiança? Contacte-nos para agendar uma consulta personalizada com o Dr. António Conde.

    Precisa de Ajuda?